Hino a Prometheus

*Com fumigação de funcho.

 Prometheu, benfazejo titã, o rebelde divino; visionário de misteriosas veredas, desafiador que jamais se conforma; tu, que ousaste se opôr à onipotência de Zeus Soberano e assim se tornou a Sua justa medida; tu, que pelo teu ato de suprema desobediência, uniu outra vez o Céu e a Terra, há muito separados pelo Tempo, no âmago dos homens mortais. 

Nós te reverenciamos, Sagrada Consciência, Grande Ancestral, que pelo doloroso sacrifício fez de nós faíscas efêmeras no fogo eterno dos Deuses, e, antes de nos perder ou salvar, deu-nos o presente mais valioso – arbítrio sobre o nosso próprio caminho.
Seja sempre bendito, virtuoso amigo e benfeitor da humanidade. Propicia estes ritos, infunde em nossos espíritos a tua ousadia, abençoa-nos com boa saúde e a clareza de mente necessária para encontrar e trilhar caminhos de realização e felicidade. 

2 respostas para “Hino a Prometheus”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.